Menu
0 Comments

Dicas essenciais para otimizar a vida útil do seu carro

Saiba como otimizar a vida útil do seu carro

Quem tem um carro sabe como é importante manter todos os cuidados em dia, para aumentar a vida útil do veículo, que para muitas pessoas é o principal meio de locomoção.

Manter o carro bem cuidado, limpeza em dia e principalmente a manutenção periódica, são os principais cuidados para otimizar a vida útil. Para poder cuidar muito bem, confira as dicas importantes que separamos para te ajudar.   

Manutenção periódica

O primeiro passo para ter um carro bem cuidado, com bom desempenho e longa vida útil, é realizar a manutenção periódica do veículo. Existem algumas marcas que asseguram a garantia, apenas quando o dono do carro, realiza as manutenções corretamente, conforme indicado pelo fabricante.

Sabemos que na maioria dos casos, os custos com o reparo de veículos são altos. E este é um dos benefícios da manutenção periódica. Com a manutenção você pode verificar algum item que poderia vir a dar problema, e já resolver. Assim o sistema automotivo consegue ter um melhor desempenho e durar por mais tempo.  

Cuidados com carros novos

Comprar um carro novo é o sonho de muitas pessoas. Mas quando esse sonho se realiza, muita gente fica se perguntando como vai ser ou o que precisa fazer, quando for vender esse carro.

Não é errado pensar assim, até mesmo por que quando você tira o carro novo de uma loja, ele já começou a perder o seu valor de venda. E para que você consiga fazer um bom negócio, precisa ter muito cuidado para conseguir manter a integridade do veículo.

Confira quais são os principais cuidados, que você precisa ter para cuidar do veículo:

  • Troca de óleo e pastilhas de freio;

Realizar a troca de óleo é muito importante e não deve ser deixada de lado. O óleo facilita o movimento e lubrifica as peças, para ter um excelente funcionamento. Essa troca pode ser realizada quando completar 10 mil quilômetros rodados, ou a cada seis meses.  

  • Mantenha o carro limpo;

A limpeza também faz parte da manutenção, desse modo a sujeira não entra nas partes importantes do carro, sem correr o risco de estragar.  Além de manter também a boa aparência.

  • Calibrar os pneus com frequência;

Sem pneu o carro não consegue se locomover, isso é óbvio. Mas se o pneu está furado ou desalinhado, também pode causar outros problemas e até mesmo colocar a vida do condutor em risco.  

  • Fazer o alinhamento;

Como não são todas as ruas de uma cidade que contam com um bom asfalto, é comum que os carros passem por diversos buracos ao longo de um trajeto, o que por vezes acaba prejudicando a direção e suspenção do veículo. Por isso o alinhamento de rodas e pneus, deve ser realizado a cada 10 mil quilômetros.  

 

  • Verifique os filtros.

Seja do ar, óleo ou combustível, os filtros devem ser constantemente trocados, pensando especialmente na saúde do motorista, e das pessoas que utilizam o carro.  

Esses são pequenos cuidados que devem ser realizados, sempre que possível. Você ainda garante que o carro esteja sempre nas melhores condições, para usar com a família, amigos e até mesmo para realizar atividades remuneradas com o seu carro.

Uma das partes mais importantes

A bateria é o coração de um automóvel, e por isso deve ser muito bem cuidada. Quando você vai dar a partida, ela é a principal responsável por iniciar todo o sistema e fazer com que o carro consiga andar. Basicamente sem bateria, você não tem carro.

E para cuidar e manter a duração pelo tempo indicado, existem alguns cuidados que precisam ser tomados, como por exemplo:

  • Não deixe o rádio ligado;

Pode não parecer mas escutar música no rádio com o carro desligado, pode gastar mais energia do que quando o carro está ligado.  

  • Verifique a correta conexão da bateria;

As conexões devem estar bem limpas, apertadas e não deve conter nenhum sinal de corrosão ou ferrugem.

Realizando esses cuidados no seu carro, você consegue garantir, que a vida útil dele seja maior do que o esperado, além de evitar os reparos repentinos que podem trazer gastos que não estavam previstos em seu orçamento.